Horace & Pete

Esses tempos o Louie CK lançou uma série sem avisar ninguém que faria isso. Ele simplesmente mandou na sua newsletter que o primeiro episódio dela estava online, sem mais nenhum contexto ou explicação de como a série era: “Horace and Pete episode one is available for download. $5. Go here to watch it. We hope you like it.”

Só isso dizia o email. Nenhum trailer. Nenhuma lista de atores. Nas 9 semanas seguintes ele mandou emails dizendo "o episódio 2 está disponível", "o episódio 3 está disponível", e assim sucessivamente. Cada episódio custava entre 3 e 4 dólares.

Quando chegou ao 10º episódio, que era o último, ele mesmo assim não disse que era o último. Só vendo pra saber. Só depois de todos terem sido liberados, que ele mandou um email explicando tudo e como a série foi produzida.

“When the 10th one came out, I wanted people to watch the show without knowing they’re watching the last episode, I wanted them to have all the feelings of something ending the way it feels when something ends, which is you don’t know it’s going to.”

Só por essa história eu já achei a série foda. Em tempos de mega comunicação, fazer algo de forma tão low profile é revolucionário. 

Daí eu fui ver a série agora e vi que não apenas o contexto era foda, mas como a série em si. Ela não se parece com nenhuma outra que eu tenha visto, o que é estranho no começo, mas logo se acostuma (o primeiro episódio é meio parado, mas não desista!). As histórias das pessoas são mega humanas, e de vez em quando surgem diálogos como esse abaixo. Tinder, política, relacionamentos, traição, transgêneros. Vários são os assuntos abordados, e sempre com aquele tapinha clássico na cara da sociedade através de um texto genial. 

Dá pra comprar a série aqui por 31 dólares ou baixar nos torrents da vida. Pagando ou não, dê uma chance pra essa obra-prima :)